A morte das fábricas

Publicado: agosto 26, 2008 em Empresas
Tags:, ,

O ramo de desenvolvimento de software é algo relativamente novo, por isso as metodologias empregadas no processo parecem tão imaturas, diferentes de uma engenharia civil (Na qual o software tenta se inspirar). Cada hora encontramos a moda do momento no desenvolvimento de software, aonde todas as empresas correm para tentar tirar algum proveito.

Nessa imaturidade da indústria há muito espaço para metáforas errôneas, como a tal fábrica de software. Na fábrica de software o desenvolvedor se torna parte de uma engrenagem no processo de construção de software assim como os operários nas linhas de montagem.

Parece uma comparação muito idiota pra você? Pra mim também, mas é assim que a indústria tem se guiado, seguidamente vendo seus projetos falharem sem focar no real problema.

Ao tentar segmentar a lá Ford o processo de desenvolvimento de software, chegamos a uma série de projetos com pessoas que não conhecem o que estão fazendo, e ao contrário da fábrica de Ford no desenvolvimento de software isso é extremamente importante.

Ao invés de aproximar o cliente do desenvolvimento, o que é a essência para qualquer projeto bem sucedido, a fábrica tenta separá-los mais ainda gerando um ambiente propício a erros e falhas de comunicação.

Para nossa sorte muitas pessoas (incluindo clientes) já notaram que esse modelo não funciona e caminha-se para mudança de mentalidade nas empresas (ao menos em alguns países), e espero sinceramente que o Brasil não fique muito pra trás nessa adoção a processos mais inteligentes.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s